Publicado em Deixe um comentário

Fatores que podem estar atrapalhando a alimentação do seu filho

Entenda melhor alguns motivos que podem dificultar a alimentação do seu filho e melhore a hora das refeições.

1. Ausência de rotina

É importante para a criança ter uma rotina alimentar, assim como uma rotina para a hora de dormir. Nosso organismo funciona em ciclos, assim vamos o ensinando a hora de almoçar, de jantar, de dormir. Até porque, quando a criança é muito pequena, ela acaba não tendo discernimento com o que está sentindo, se é fome ou sono, assim a rotina irá ajudá-la a reconhecer melhor.

2. Lanches entre as refeições

A criança que fica beliscando durante a manhã, acaba não comendo direito na hora do almoço. Claro que é importante ter lanches durante o dia, como um no meio da manhã e outro a tarde, para que a criança não fique muitas horas sem comer, mas sem exageros. Senão, o que vai acontecer é a criança não querer comer nas refeições maiores e importantes, ou então comer sem fome ou quando estiver satisfeito, e não acostumando seu organismo a reconhecer quando está com fome ou não e quando é o momento certo das refeições.

3. Celular, TV e outras distrações

Manter a criança entretida com desenhos animados ou vídeos na internet na hora da refeição pode ser um artifício para distraí-la e fazer com que ela coma. Porém, dessa forma, ela não estará atenta ao que e nem o quanto está comendo. Além do que, ela está sendo exposta a inúmeras propagandas de fast-foods e comidas industrializadas. Já foi visto anteriormente, que quanto maior o tempo de TV, maior o risco de obesidade infantil. Portanto, deixe esses tipos de distrações para outros momentos.

4. Porções muito grandes

O estômago quando está vazio fica mais contraído e a medida que vamos comendo, ele dilata. Sendo assim, não precisa encher muito o prato de seu filho, muito menos o obrigando a comer tudo. Mesmo que a criança coma tudo, ela pode ficar desconfortável depois, além de atrapalhar a percepção de saciedade dela.

5. Tomar líquido durante as refeições

Se a criança ficar bebendo muito líquido antes da refeição, ou mesmo durante, ela não vai querer comer o suficiente, pois não irá ter espaço no estômago para tudo isso. O melhor é deixar a bebida para o final, e de preferência água.

6. Comer sozinho

Já foi visto em diversos estudos os benefícios das refeições em família. Crianças que comem com os pais, costumam comer mais vegetais, alimentos ricos em vitaminas e fibras. Eles vão seguir o exemplo dos adultos, por isso incentive o hábito desde cedo, coloque o bebê para comer no cadeirão junto a mesa.

7. Lanche no lugar de comida

Nada de oferecer lanches para a criança, como leite ou biscoitos, caso ela rejeite o almoço. Explique que cada refeição tem seu horário e que o lanche é só a tarde. Senão, ela vai achar que poderá substituir as refeições por lanches ou pela mamadeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *